CHICO VELLOZO
CHICO VELLOZO
O botafoguense e torcedor da Portela, Chico Vellozo é formado em erros e acertos da vida e um grande observador do cotidiano. exitodias2@gmail.com

Por: CHICO VELLOZO

25/05/2022

16:37:41

“CAUSOS” FRIBURGUENSES

Baseados em fatos reais
“CAUSOS” FRIBURGUENSES
O friburguense tem um humor próprio, bem característico. Ele é bem discreto e não costuma fazer estardalhaço ao narrar fatos engraçados. Tudo é contado sem firulas e até com certa seriedade deixando que o desfecho - por si só - tenha muita graça.

Já tive a honra, alegria e satisfação de ouvir alguns  causos. Um deles foi contado pelo muito querido ex-frequentador do Nova Friburgo Country Clube, o saudoso Chico Ribas. Tudo aconteceu em um cruzeiro a bordo de um transatlântico de bandeira italiana. Segundo ele, desde o início da viagem, seu irmão – um sacana de carteirinha – solicitava o serviço de cozinha para a cabine que estavam. Quando era atendido dizia para o garçom: “Burro”. Então, era trazida uma porção de manteiga. O Chico achou a história muito divertida, porque seu irmão passou o cruzeiro inteiro chamando o italiano de burro (manteiga em italiano). Falta do que fazer é um problema.

Havia um arquiteto recém chegado a Nova Friburgo que queria se enturmar na cidade. Para isso resolveu participar da concorrida “pelada” do Country Clube. Só que ele era um grande “perna de pau” e o pessoal começou a chamá-lo - em função da total falta de habilidade com a bola de futebol - de Merdel. O apelido pegou e ele, incomodado com a situação, reuniu a galera e fez o seguinte pedido. “Esse negócio de ser chamado de Merdel não está dando certo, já está me prejudicando. Então, se possível, a partir de hoje, gostaria de ser chamado de Del, pode ser?”

Outro episódio engraçado ocorreu com o saudoso Augusto Muros. Ele me contou que estava tomado banho na sauna do Country Clube e, no momento exato que estava ensaboando o rosto – com os olhos fechados – ouve um apagão. Quando conseguiu reabrir os olhos estava tudo escuro. Ele disse que ficou desesperado achando que tinha ficado cego.  Felizmente a luz voltou e percebeu que foi apenas uma grande coincidência.

Um grande mal entendido aconteceu numa partida de futebol na cidade. Marquinhos “Vesguinho”, após cometer uma dura falta, foi advertido com um cartão amarelo. Até aí tudo bem, só que o árbitro da partida exigiu que olhasse para ele e como isso não foi possível, apresentou o cartão vermelho e expulsou Marquinhos. Que injustiça!

Para finalizar, tem aquela da pescaria. Conta-se que nas viagens que faziam para pescar, um determinado grupo de friburguenses contratava - de maneira recorrente - os serviços de “profissionais do sexo” para lhes fazerem companhia. Só que, em uma dessas viagens, resolveram levar as esposas. Então, ouviram o seguinte comentário de um dos funcionários do local em que sempre se hospedavam: “ Dessa vez vocês contrataram umas mulheres muito feias, o padrão caiu muito, doutor!”

Friweb Agência Digital
ÊXITO RIO
ÊXITO RIO
ÊXITO RIO

TURISMO

VALE A PENA VER DE NOVO: ESTÁ SURGINDO A ROTA CERVEJEIRA DO RIO DE JANEIRO - CERVEJAS DAS MONTANHAS
VALE A PENA VER DE NOVO: ESTÁ SURGINDO A ROTA CERVEJEIRA DO RIO DE JANEIRO - CERVEJAS DAS MONTANHAS
A Rota Cervejeira do Rio de Janeiro vai ligar todos os produtores de cerveja da região, das micros as grandes cervejarias além dos brewpubs, oferecendo aos turistas e visitantes uma...

GERAL

VALE A PENA VER DE NOVO:  VÍDEO COMEMORATIVO REVISTA ÊXITO RIO 10 ANOS
VALE A PENA VER DE NOVO: VÍDEO COMEMORATIVO REVISTA ÊXITO RIO 10 ANOS
Uma história contada em vários capítulos e com muitos...