Por: VICTOR MACIEL - ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO MINISTÉRIO DO TURISMO

08/03/2021

19:06:36

MINISTÉRIO DO TURISMO APRESENTA PRIMEIROS RESULTADOS DA COOPERAÇÃO COM LABTRANS

Avaliação de legislações e um diagnóstico de infraestrutura turística foram algumas das ações já realizadas pela equipe
MINISTÉRIO DO TURISMO APRESENTA PRIMEIROS RESULTADOS DA COOPERAÇÃO COM LABTRANS
O Ministério do Turismo e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) apresentaram, nesta segunda-feira (08.03), o primeiro produto de um acordo de cooperação técnica, firmado entre as instituições, com o objetivo de desenvolver o transporte turístico de passageiros no país. Entre os resultados apresentados pela equipe estão a realização de um levantamento bibliográfico e documental, a avaliação de legislações referentes aos modais de transportes (rodoviário, ferroviário, aquaviário e aéreo) e a apresentação de planos e estudos sobre o tema.- Ferry Boat em Itajaí, Santa Catarina. Crédito: Renato Soares/MTUR
De acordo com o coordenador-geral de Mobilidade e Conectividade Turística do Ministério do Turismo, Higor Guerra, foram selecionadas algumas rotas para o início do projeto, que será realizado também nas demais rotas contempladas pelo Investe Turismo. “O Ministério do Turismo irá trabalhar em cima das 30 rotas do programa Investe Turismo, mas para fins de estudos, selecionamos seis rotas para acelerar algumas entregas e ter um portifólio do que está se estudando aqui dentro”, disse.

Entre as primeiras rotas mapeadas estão: Serra-Mar Catarinense, Serra Gaúcha, Costa do Sol e Região dos Lagos, Belo Horizonte e Cidades Históricas, Salvador e Morro de São Paulo e a Rota das Emoções. Nestas localidades foram levantadas informações como a quantidade de municípios, de trechos ferroviários, portos organizados com terminais de passageiros, instalações portuárias de turismo e aeroportos.

Os próximos passos consistirão no desenvolvimento de base georreferenciada, diretrizes de políticas públicas, formulação de um programa de integração multimodal e de conservação e manutenção de rodovias. Além disso, há a expectativa da criação de um plano diretor de mobilidade e conectividade e apoio técnico para a capacitação dos profissionais do setor.

ACORDO DE COOPERAÇÃO – Firmado em outubro do ano passado, o acordo de cooperação técnica entre o Ministério do Turismo e a Universidade Federal de Santa Catarina irá traçar as condições de transporte nestas rotas, estrutura existente, integração de modais, disponibilidade de informações aos turistas, entre outros itens. O mapeamento abrange os modais rodoviário, ferroviário, aquaviário e aéreo. A ideia é construir um planejamento integrado das condições de locomoção dos turistas no país, provendo infraestrutura e informações adequadas, bem como conforto, segurança e viabilidade aos deslocamentos.


Últimos vídeos postados

GASTRONOMIA

VALE A PENA VER DE NOVO: OS SABORES DA
VALE A PENA VER DE NOVO: OS SABORES DA (...)
O empresário niteroiense Emerson Pelegrinelli, proprietário da boutique de carnes "Santa Carne" na Região Oceânica de Niterói, fala sobre cortes especiais e (...)

HISTÓRIA

NOVA FRIBURGO, A SUÍÇA BRASILEIRA?  (PARTE 4))
NOVA FRIBURGO, A SUÍÇA BRASILEIRA? (PARTE (...)
Neste último episódio da série de programas, o professor Ricardo Costa fala do Movimento operário e as greves do século XX em Nova (...)