Por: ANDRÉ MARTINS - ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO MINISTÉRIO DO TURISMO

19/07/2021

19:57:08

MTUR PROMOVE LIVES SOBRE A IMPORTÂNCIA DA QUALIFICAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DO TURISMO RURAL

Transmissões pelo YouTube do MTur vão reunir empreendedores que aplicaram conhecimentos adquiridos para transformar negócios em cases de sucesso do turismo rural
MTUR PROMOVE LIVES SOBRE A IMPORTÂNCIA DA QUALIFICAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DO TURISMO RURAL
Lives vão reunir empreendedores que transformaram negócios em cases de sucesso no turismo rural
Evidenciar benefícios da qualificação profissional para alavancar empreendimentos do campo e favorecer a geração de emprego e renda no país a partir da associação entre agricultura familiar e turismo. Este é objetivo de uma série de lives promovidas no âmbito do Projeto Experiências do Brasil Rural, iniciativa do governo federal voltada ao desenvolvimento do turismo rural. Quem abrirá a série, às 18h30 desta terça-feira (20/07), com transmissão ao vivo pelo YouTube do MTur, será Silvia Pinheiro, proprietária do Sítio Pinheiros, referência em turismo rural na cidade de Brazlândia (DF).

Os seminários virtuais “Visões de Mercado” são uma parceria entre os ministérios do Turismo (MTur), da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e da Universidade Federal Fluminense (UFF). E vão reunir empreendedores que, a partir de capacitações, transformaram os seus negócios em cases de sucesso no segmento.

Aberto ao público em geral, o “Visões de Mercado” contará ainda, na quinta-feira (22/07), também às 18h30, com Marcelo Weiler, sócio do Restaurante Pitanga ao Ar Livre, de Itacoatiara, em Niterói (RJ).

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, frisa que a exposição de exemplos bem-sucedidos pode inspirar ações inovadoras e contribuir com a retomada do setor no pós-pandemia. “A tendência no mundo é de forte procura pelo turismo de natureza, e nada se compara aos nossos atrativos do campo. Este é um ótimo momento para enxergar oportunidades de empreender, diversificar a nossa oferta turística e ajudar a movimentar a economia dos destinos rurais”, aponta.

O Experiências do Brasil Rural busca impulsionar produtos e serviços da agricultura familiar ligados ao turismo, de forma a proporcionar vivências memoráveis a visitantes e gerar alternativas de renda, a partir da formatação e do posicionamento de roteiros. Por meio do projeto, oito roteiros turísticos rurais selecionados em quatro regiões do país, que produzem queijos, vinhos, cervejas e frutos da Amazônia, receberão apoio técnico para estruturar e comercializar destinos e empreendimentos.

Os roteiros atendidos pelo projeto são a Rota Amazônia Atlântica, do Pará; a Terra Mãe do Brasil, Seus Caminhos, Segredos e Saberes, da Bahia; o Agroturismo do Espírito Santo; a Rota do Queijo Terroir Vertentes e a Rota Gourmet das Terras Altas da Mantiqueira, em Minas Gerais; o Caminhos do Campo, em Santa Catarina, e a Ferradura dos Vinhedos e o Roteiro Farroupilha Colonial, no Rio Grande do Sul.

O secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo do MTur, William França, explica que os painéis virtuais integram o processo de capacitação dos roteiros contemplados.

“Após uma fase inicial de diagnóstico, quando foram levantados pontos fortes e pontos em que é possível avançar, passamos agora à qualificação dos roteiros e dos vários empreendedores associados ao turismo. Este é um processo que certamente vai levar à consolidação de uma política sustentável de desenvolvimento do turismo rural, com reflexos positivos na inclusão social e na oferta de produtos e serviços a visitantes”, destaca William França.

Os seminários virtuais também vão reunir a diretora do Departamento de Inteligência Mercadológica e Competitiva do Turismo do MTur, Nicole Facuri; o coordenador-geral de Acesso a Mercados do MAPA, Mateus Rocha, e Osiris Marques, professor do Departamento de Turismo da UFF e coordenador do Experiências do Brasil Rural. Os conteúdos serão compartilhados com os roteiros envolvidos e outros empreendimentos turísticos semelhantes, de maneira a ampliar a abrangência das informações.

CONVIDADOS - Sílvia Pinheiro administra há 17 anos o Sítio Pinheiros, que antes da pandemia oferecia turismo pedagógico, com educação ambiental para crianças. As restrições da Covid-19, porém, afetaram as atividades e a levaram a buscar capacitação. Inspirada pela criatividade de outros empresários na mesma situação, Sílvia transformou o sítio em uma hospedagem familiar em meio à natureza, palco de vivências que mantêm o foco na conscientização ambiental.

Igualmente impactado por efeitos da pandemia, Marcelo Weiler, também proprietário da operadora de turismo Transmundi, aproveitou a interrupção de atividades da empresa diante da pandemia para converter um espaço ocioso em um restaurante inovador, repleto de jardins. Hoje, no Pitanga ao Ar Livre, ele e a sócia vão às mesas dos clientes contar a história dos pratos e propor harmonizações com vinhos e cervejas, jogando luz sobre produtos do campo.

CRONOGRAMA - Uma segunda etapa do “Visões de Mercado”, entre 21 e 30 de setembro deste ano, vai envolver a promoção de seis palestras virtuais com especialistas sobre temas apontados nos diagnósticos realizados pelo projeto. A penúltima fase da iniciativa consistirá nas “Oficinas de Experiências”, voltadas à formatação de experiências turísticas. Por fim, o Experiências do Brasil Rural vai ter como foco ações de apoio à promoção e à comercialização de roteiros.

 

Publicidade

Friweb Agência Digital
ÊXITO RIO
ÊXITO RIO
Últimos vídeos postados

GASTRONOMIA

VALE A PENA VER DE NOVO: OS SABORES DA
VALE A PENA VER DE NOVO: OS SABORES DA
O empresário niteroiense Emerson Pelegrinelli, proprietário da boutique de carnes "Santa Carne" na Região Oceânica de Niterói, fala sobre cortes especiais e (...)

HISTÓRIA

NOVA FRIBURGO, A SUÍÇA BRASILEIRA?  (PARTE 4))
NOVA FRIBURGO, A SUÍÇA BRASILEIRA? (PARTE (...)
Neste último episódio da série de programas, o professor Ricardo Costa fala do Movimento operário e as greves do século XX em Nova (...)