09/09/2020 - 17h43min - Autor: Grasiele Guimarães Departamento de Comunicação DIOCESE DE NOVA FRIBURGO

Dom Luiz Antonio Ricci presidirá Ordenação Sacerdotal do Diác. Rodolfo Rodrigues Leite

Dom Luiz Antonio Ricci presidirá Ordenação Sacerdotal do Diác. Rodolfo Rodrigues Leite

Com alegria, a Diocese de Nova Friburgo se prepara para a ordenação de um novo sacerdote: o Diácono Transitório, Rodolfo Rodrigues Leite. A cerimônia será realizada em 15 de setembro, dia de Nossa Senhora das Dores, às 19h, na Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Olaria – Nova Friburgo. O Bispo Diocesano, Dom Luiz Antonio Lopes Ricci, presidirá a celebração que contará a presença de presbíteros, diáconos, familiares e amigos do futuro sacerdote. Fotos: Diocese de Nova Friburgo e Lucas Lima Fotografia

Devido à pandemia de Covid-19, a celebração será realizada seguindo os protocolos de higienização e as determinações das autoridades, havendo um número limitado de participantes. A cerimônia será transmitida ao vivo por meio das redes sociais da Diocese de Nova Friburgo (Facebook e YouTube – diocesedenovafriburgo).

“Sursum Corda” (Corações ao alto), esse foi o lema escolhido pelo Diácono Rodolfo tanto para o seu diaconato quanto para o seu sacerdócio.

- Escolhi como lema a expressão: “Sursum Corda”, corações ao alto, presente no diálogo que inicia o prefácio da oração eucarística: essas palavras nos convidam a ter um coração novo, configurado ao Daquele que é ‘manso e humilde de coração’ (Mt 11, 29). Elevar o coração ao alto é decidir-se pelas coisas do Céu. É ter um coração feliz, porque a felicidade verdadeira é gozar do bem que se deseja; e o amor de Deus por nós é infinitamente maior que o amor que podemos ter por Ele. Como diria São João Maria Vianney: “Se soubéssemos como Nosso Senhor nos ama, morreríamos de felicidade - declarou.

 

Sobre o Diác. Rodolfo Leite

 

Nascido em 14 de novembro de 1989, Rodolfo Rodrigues Leite é natural de Nova Friburgo, filho de Almir da Silva Leite e Diogracia Rodrigues Leite, e tem seis irmãos. Fruto da Paróquia Nossa Senhora das Graças, localizada em Olaria – Nova Friburgo, iniciou sua caminhada na Igreja aos 11 anos. Dos 12 aos 18 anos dedicou-se como coroinha nesta comunidade. “O meu chamado começou nesse processo de serviço ao altar do Senhor”, relatou.

Após esse tempo de dedicação, afastou-se da Casa do Pai, mas recebeu um convite que o resgatou: participar de um encontro de jovens. Após este evento, que descreve como “fantástico”, retomou então o ardor inicial, continuou sua caminhada, voltou a ajudar no serviço do altar e recebeu um novo convite: participar de um encontro vocacional.

- Após seis meses participando do encontro vocacional, podendo conviver de perto com os seminaristas, com as orações, com os outros jovens e a vida de comunidade, um sacerdote me chamou e perguntou se eu desejava ingressar no seminário. Naquele ano, estava trabalhando num ótimo emprego, não dei uma resposta imediata. Mas, depois de certo tempo, algo faltava em meu coração. O desejo de dizer sim veio surgindo. Então disse sim a Deus, sim para ser Padre – comentou.

Dado este grande passo, ingressou no Seminário Diocesano Imaculada Conceição, em 9 de março de 2011. Foram necessários nove anos para o seu processo de formação em Filosofia e Teologia, realizados na Casa de Formação de Nova Friburgo e no Seminário São José, da Arquidiocese Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro. Recebeu o grau da ordem diaconal no dia 4 de agosto de 2019, e no próximo dia 15/9, aos 30 anos, será ordenado presbítero pela imposição das mãos e oração consecratória de Sua Excelência, Dom Luiz Antonio Ricci.

- Posso dizer que sou muito feliz! Há momentos de dificuldade e sofrimento, mas esses surgem por amor a Jesus Cristo. Hoje, posso dizer que se sou Diácono e estou em vista ao sacerdócio, com esse passo definitivo e aprofundado que eu dei, é para salvar almas. Vale a pena seguir uma vocação, ser de Deus e seguir a Jesus Cristo – testemunhou.   

Primeira Missa 

O tão desejado momento, profundamente aguardo todo neo-presbítero: celebrar pela primeira vez o Santo Sacrífico. Para Rodolfo Rodrigues Leite essa ocasião sublime se dará em 16 de setembro de 2020, às 18h30, na Capela do Seminário Diocesano Imaculada Conceição, em Nova Friburgo.

 


 

Parceiros