16/03/2020 - 16h02min - Autor: Jornalismo Diocese de Nova Friburgo

Diante da pandemia do Coronavírus, a Diocese de Nova Friburgo emitiu Nota Oficial com as Novas orientações aos católicos sobre os cuidados necessários

Diante da pandemia do Coronavírus, a Diocese de Nova Friburgo emitiu Nota Oficial com as Novas orientações aos católicos sobre os cuidados necessários

Novas orientações aos católicos sobre os cuidados com o Coronavírus Queridos irmãos e irmãs da Diocese da Alegria, em razão da pandemia do Coronavírus e das novas orientações das autoridades, desejamos reforçar a necessidade de cuidado e colaboração, para promover a prevenção do COVID-19.


Para as celebrações, reiteramos as primeiras orientações: de se evitar o contato físico, de higienização das mãos dos celebrantes e ministros, distribuição da comunhão exclusivamente nas mãos, não realizar o “abraço da paz”, não rezar o Pai-Nosso de mãos dadas, retirar dos templos os recipientes de água benta de uso comunitário. 

Os eventos diocesanos, vicariais e paroquiais, assim como os encontros de catequese, reuniões, cursos, retiros e todas as atividades que reúnem aglomerações de pessoas, e que aconteceriam neste mês de março, estão suspensos. 

Sobre o Retiro Anual do Clero, que aconteceria entre os dias 25 e 28 deste mês, os presbíteros procurem fazê-lo de forma pessoal. Na Residência Episcopal estaremos totalmente disponíveis durantes estes dias para o acolhimento, escuta e orientação dos padres. Posteriormente, o Retiro Canônico será remarcado. 

Impossibilitados de realizar nossa grande festa pelo Jubileu de 60 anos da Diocese, faremos a transmissão da Missa Jubilar no domingo (29/03), às 10h, por meio de nossas mídias digitais oficiais. 

Também orientamos que as celebrações dominicais devem ser multiplicadas enquanto possível, inclusive com Celebrações da Palavra se necessário, para evitar grande concentração de fiéis. Pedimos a disponibilização de Álcool Gel na entrada das Igrejas, e recomendamos que os templos permaneçam abertos, ventilados e limpos. 

Durante este período, os idosos devem optar por acompanhar as celebrações através da TV ou Web. Os catequizandos sejam conduzidos na fé pelas suas famílias. A pastoral, a evangelização e o serviço caritativo não devem parar. 

Quanto às confissões, aconteçam preferencialmente em lugares abertos e os mutirões, se necessários, sejam organizados de modo a evitar aglomerações. 

Continuaremos atentos às recomendações das autoridades de saúde pública e novas orientações serão dadas quando necessário. 

A vida humana é dom e compromisso. Neste momento somos todos chamados a ser protetores e promotores da vida. Não abandonemos os enfermos, superemos a cultura de indiferença, defendamos os pobres e mais vulneráveis, não caiamos no pânico e no medo.

Renovemos nossa confiança no Senhor, e elevemos a Ele nossas preces pela superação desta pandemia do Coronavírus e de tantas outras situações que ferem a vida e a dignidade de nosso povo. 
Com minha bênção, 
Dom Paulo Antonio de Conto

Parceiros