11/12/2019 - 11h58min - Autor: Ayrton Dias

Sim, podemos

Sim, podemos

Encerramos mais um ano com a certeza de que vamos recomeçar tudo novamente. As expectativas nos motivam a encarar o novo ciclo com a esperança de muitas realizações. Somos movidos pela dinâmica das relações, um mecanismo imponderável que nos leva a encontro e desencontros, tornando nossa existência surpreendente. Enfim, muito pouco previsível!

No novo ano é preciso esperançar reiterando bons relacionamentos e saneando a toxidade do que nos debilita, almejando sempre coisas boas ao lado de quem alimenta esse ensejo. Vamos buscar o estado imaginário que nos permita ser felizes. A linha tênue que delimita o que é bom ou ruim será a nossa corda bamba no inédito ciclo.
Vamos referenciar o compromisso por um mundo melhor aperfeiçoando nossa capacidade de contribuir para melhorias. Sem dúvida, seremos apenas minúsculos desencadeadores de uma rede solidária de boas iniciativas, mas, dessa forma, estaremos, mesmo que minimamente, contribuindo para as mudanças necessárias.



Se a bondade não existisse deveríamos inventá-la, sem ela nada faz sentido. Em 2020, pensando e agindo com positividade estaremos dando as mãos em uma corrente altruísta. Sim, dessa forma podemos contribuir para um país mais justo e digno, não custa tentar.

Parceiros