11/12/2019 - 09h47min - Autor: Ascom Tersópolis

TERESÓPOLIS CONQUISTA 1º LUGAR NO PROGRAMA ‘CIDADES EMPREENDEDORAS’

Município também recebeu o título de ‘Liderança Empreendedora’

TERESÓPOLIS CONQUISTA 1º LUGAR NO PROGRAMA ‘CIDADES EMPREENDEDORAS’

O município de Teresópolis na Região Serrana, é o grande vencedor da edição 2019 do programa ‘Cidades Empreendedoras’, do SEBRAE/RJ. A cerimônia de premiação aconteceu nesta terça-feira, 10, durante o seminário Open Gov Rio, no Rio de Janeiro. A cidade também conquistou o prêmio ‘Liderança Empreendedora’. Teresópolis aderiu ao programa em junho deste ano e garantiu o 1º lugar na classificação geral, entre os onze municípios participantes

Com duração de seis meses, o Programa ‘Cidades Empreendedoras’ integra gestão pública e pequenos negócios em um ambiente de oportunidades, para estimular a economia local e desenvolver os municípios. 

“Desde que assumimos a Prefeitura, em julho de 2018, colocamos em prática várias medidas para fortalecer as políticas públicas de desenvolvimento econômico. Essa premiação é o reconhecimento do empenho da Gestão Municipal em criar melhores condições para o ambiente de negócios, com foco na geração de emprego e renda. Parabenizo o time de secretários e os servidores municipais envolvidos nesse esforço”, agradeceu o Prefeito Vinicius Claussen.  

Para a classificação de Teresópolis no ranking, o SEBRAE-RJ analisou 86 itens estratégicos para a promoção do ambiente de negócios, nas áreas de agente de desenvolvimento, agricultura familiar, ambiente de negócios, contas públicas, desburocratização, educação empresarial e ambiente escolar, sala do empreendedor e microempreendedor individual.

Teresópolis pontuou em todos os itens e conquistou todas as medalhas, algo inédito no Programa Cidades Empreendedoras, com destaque nas áreas da inclusão dos pequenos negócios e da agricultura familiar nas compras públicas; na adesão ao serviço de alvará eletrônico automatizado; na desburocratização dos procedimentos de abertura de empresas com atividades econômicas classificadas como de baixo risco; na capacitação dos fornecedores através do Espaço do Empreendedor – que a partir de agora também é itinerante; no incentivo aos setores de inovação e tecnologia e na inclusão do empreendedorismo na grade curricular. 

Este ano, concorreram com Teresópolis os municípios de Cabo Frio, Macuco, Magé, Mangaratiba, Mesquita, Piraí, Porciúncula, Quissamã, Sapucaia e Tanguá.

Parceiros