18/02/2019 - 12h37min - Autor: Victor Viana

Meio Ambiente de Búzios protege canto direito da Ferradura

Meio Ambiente de Búzios protege canto direito da Ferradura

No momento a equipe do Meio Ambiente está promovendo a limpeza do local e diariamente retira muito entulho, lixo, restos de churrasqueiras, garrafas de vidro, carvão e madeira velha. Em breve será iniciado o plantio de espécies nativas típicas da região, para a recuperação total da área.

Com o objetivo de proteger e preservar a vegetação nativa e a paisagem natural existente no canto direito da Ferradura, e cumprindo determinação do Ministério Público Federal e Estadual, a Prefeitura de Búzios através da Secretaria de Meio Ambiente e Pesca, vedou a circulação de veículos, som alto, colocação de acampamentos, churrascos ou qualquer outra atividade que por utilização de fogo ou outros meios prejudiquem aquele ambiente. 

O impacto ambiental é visível. Supressão de vegetação, por queimada, circulação de veículos e também capina e roçada para acampamentos e festas, e também retirada de pedras. 

No local foram instaladas placas informativas, avisando da proibição.  A Secretaria de Meio Ambiente realiza fiscalização intensa na área para coibir qualquer atividade que possa depredar o meio ambiente, com presença ostensiva de Guardas Marítimos Ambientais, até o termino do verão, que também vão ajudar a orientar os banhistas e coibir a depredação da natureza. No local já foram registrados casos de brigas com sérios danos físicos aos envolvidos, disputa de som automotivo, e até troca de tiros. 

No momento a equipe do Meio Ambiente está promovendo a limpeza do local e diariamente retira muito entulho, lixo, restos de churrasqueiras, garrafas de vidro, carvão e madeira velha. Em breve será iniciado o plantio de espécies nativas típicas da região, para a recuperação total da área. 

Uma corrente com cadeado foi colocada na rua de acesso à praia, para evitar a entrada de veículos. A entrada será autorizada apenas em casos de emergência. 

Além do Ministério Público a Prefeitura também está obedecendo a inúmeras recomendações vindas da Unidade de Polícia Ambiental (UPAM) e o Instituto Estadual do Ambiente (INEA). As normas aplicadas neste trecho da Praia serão ampliadas para áreas semelhantes de outras praias do município. 


Parceiros