10/08/2020 - 14h58min - Autor: Ayrton Dias

A tradicional raclette: Só na Suíça ou no Restaurante Bräun&Bräun

A tradicional raclette: Só na Suíça ou no Restaurante Bräun&Bräun

A receita é elaborada com o queijo raclette, um tipo muito especial de consistência relativamente dura, mas extremamente macio e cremoso quando derretido. Uma curiosidade: o aparelho de raclette do Bräun&Bräun foi importado diretamente da Suíça. No detalhe: Bianca Schott, antiga funcionária do Restaurante - Foto: Êxito Rio

Pouca gente sabe que o Bräun&Bräun, a princípio, foi idealizado para ser uma racleteria. Segundo o empresário Jorge Bräuniger, proprietário do estabelecimento, ele conheceu o famoso prato no país de origem e resolveu trazer a iguaria para Nova Friburgo . “Trouxe em 2 malas a racleteira que comprei em uma loja especializada na Suíça. Nosso raclette é clássico, aprendi a receita em um tradicional restaurante suíço!”. O episódio ocorreu há mais de 20 anos, quando nascia então o Restaurante Bräun&Bräun que acabou transformando-se em um espaço temático suíço-alemão, em função da tradição germânica da família de Jorge.

Jorge Bräuniger e a sua famosa recleteira - Foto: Êxito Rio

O nome "Raclette" tem a sua origem nos Alpes Suíços e é derivado da palavra francesa "racler", que significa raspar. Sua história é muito antiga e teve início quando pastores e agricultores suíços faziam uso de um queijo semiduro - feito à base de leite de vaca - não pasteurizado que era colocado no formato de bloco perto de uma fogueira e servido derretido com batatas, cebolas e picles. O nome da receita tem o mesmo nome do queijo utilizado, o raclette, um tipo muito especial de consistência relativamente dura, mas extremamente macio e cremoso quando derretido. O ideal é que esse queijo tenha cor dourada ou marfim e com poucos buracos. Seu sabor depende de amadurecimento e pode ser bastante frutado e aromático. O queijo perfeito deve apresentar um anel bege escuro em sua volta e não pode ter rachaduras. O Bräun&Bräun conta com 2 fornecedores do queijo raclette: a Queijaria Suíça de Nova Friburgo e uma produtora rural de Minas Gerais, que trabalhou durante muito tempo em uma queijaria na Suíça onde aprendeu as técnicas de fabricação do produto.

A Raclette é um prato próprio para o inverno e, segundo especialistas, harmoniza muito bem com bons sauvignon blanc de  Bordeaux ou da Borgonha, na França, ou ainda bons sauvignon e chardonnay do Novo Mundo. Em relação as cervejas, o Bräun&Bräun com seus 180 rótulos é lugar perfeito para se encontrar o tipo ideal para uma perfeita harmonização!

Parceiros