09/10/2017 - 08:20h - Autor: Ayrton Dias

Os pioneiros da canoagem em Nova Friburgo

A história da canoagem em Nova Friburgo começou com uma cena de novela

Os pioneiros da canoagem em Nova Friburgo

A Associação Carioca de Canoagem (ACC) na cidade do Rio de Janeiro foi a primeira entidade oficial da canoagem do Brasil e foi fundada pelo “alemão-carioca” Uwe Peter Kohnen. Uwe, eleito primeiro presidente da ACC, contribuiu de maneira determinante para a difusão da modalidade em nível nacional, conseguindo inclusive, através da entidade, a filiação do país na Federação Internacional da modalidade. Dessa forma ele viabilizou a criação da Associação Brasileira de Canoagem em 1985, sendo também o seu primeiro presidente. Além disso, Uwe foi responsável pela fabricação dos primeiros caiaques brasileiros e pioneiro na produção de literatura especializada, sendo autor de “Tudo sobre caiaques”, livro que serviu de referência para uma geração de praticantes.

Uwe durante os preparativos para uma das suas famosas expedições

O envolvimento de Uwe com a canoagem foi muito intenso! Ele era muito conhecido no meio esportivo por ser destemido e ao mesmo tempo extremamente preocupado com a segurança das pessoas que o acompanhavam em suas famosas expedições. Por representar tão bem a modalidade, foi convidado para atuar como dublê do ator Kadu Moliterno em cenas de canoagem gravadas no “Encontro dos Rios” em Lumiar para a novela “Brilhante” da TV Globo. Dessa forma, mesmo sem querer, ele acabou se tornando responsável pela introdução do esporte em Nova Friburgo.

Orlando Miele Júnior, um dos fundadores da Associação Friburguense de Canoagem (AFRICA), conta que se apaixonou pela modalidade ao assistir a famosa gravação em Lumiar. “Fiquei impressionado com a habilidade do canoísta que atuava como dublê do ator Kadu Moliterno. Depois do que presenciei tive a certeza que era o esporte que eu queria praticar.” afirmou ele que, juntamente com os amigos Cristiano Valladares, o saudoso Marcelo Cortêz, Sílvio Cezar Ruiz, Stefan Hoffman e Alexandre Mienhardt , fundaram a AFRICA, que atualmente é presidida por Heberson Lamblet (Bel).  Para Orlando, “Uwe era o cara” e faz questão de ressaltar que sua participação foi muito importante para a canoagem em Nova Friburgo e região.  “A criação da AFRICA em 1983, a realização de três campeonatos friburguenses de canoagem (84/85/86)  e as  seis  edições do ‘Golden Cup’ - evento que reunia os principais atletas da modalidade do Brasil- realizadas de 1985 a 1989 ,  contaram com a consultoria técnica dele, que foi uma verdadeira referência para esporte.”, afirma.

Com forte ligação com a cidade, Uwe veio residir em Nova Friburgo  em 1986 onde viveu no Sítio Dengoso, próximo a Mury,  até os seus últimos dias. Ele faleceu aos 69 anos em 2010, deixando um importante legado para a canoagem friburguense e, principalmente, para o esporte nacional. 

Notícias relacionadas

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS

Compatilhe nas Redes Sociais!

comentários